You are here

Soluções de alta performance para proteção do potencial produtivo

 

 

 

         Conheça as nossas soluções para proteção de doenças e pragas que aumentam a produtividade no campo.

Sua ação garante uma maior flexibilidade de uso, como a utilização no viveiro para o controle e preven- ção de oídio. No campo, é um produto indicado para utilização de forma preventiva e curativa no controle de ferrugem

Ingrediente Ativo: Azoxistrobina (200 g/l) + Difenoconazole (125 g/l).
Grupo Químico: Estrubirulinas + Triazóis.
Formulação: SC.
Dose: 300 a 400 ml por hectare.
Modo de Uso: Iniciar as aplicações preventivamente ou nos primeiros sintomas da doença. Utilizar a maior dose para situações de maior pressão da doença (exemplo: clones mais suscetíveis e/ou histórico de doenças na região). Repetir em intervalos de 14 dias.

 

Potente inseticida larvicida, com longo período de controle. Regulador de crescimento dos insetos, com seletividade aos inimigos naturais, além de ação predominante de ingestão, que tem como vantagem sobre os inseticidas tradicionais uma ação transovariana nas formas adultas, ou seja, fêmeas adultas, ao ingerirem Lufenurom, irão produzir menos ovos e esses não darão continuidade à fase larval. Outra vantagem é a baixa toxicidade para os mamíferos.

Ingrediente Ativo: Lufenurom (50 g/l).
Grupo Químico: Benzoilureia.
Formulação: CE.
Dose: 200 a 400 ml por hectare.
Modo de Uso: Aplicar no início da infestação com as lagartas nos estágios iniciais de desenvolvimento, do primeiro ao terceiro instares. Reaplicar quando necessário.

 

Herbicida pós-emergente, não seletivo, de ação sistêmica, indicado para o controle de plantas daninhas na linha e entrelinha do eucalipto, antes ou depois do plantio. A tecnologia exclusiva de Touchdown, glifosato potássico, promove uma maior absorção do ingrediente ativo pela planta-alvo, oferecendo resultados de controle muito mais consistentes, visto que é mais concentrado que os outros glifosatos do mercado.

Ingrediente Ativo: Glifosato Potássico (620 g/l do sal).
Equivalente ácido: 500 g/L
Grupo Químico: Glicina Substituída.
Dose: 25 g/100 L de calda.
Modo de Uso: Antes do plantio: dessecação em área total. Pós-plantio: aplicação dirigida na linha e entrelinha do eucalipto (jato dirigido) evitando qualquer contato do produto nas plantas de eucalipto.

 

Inseticida sistêmico de forte ação. Proporciona um excelente controle de cupins e vespas-da-galha. Além disso, apresenta efeito bioativador que melhora o desenvolvimento das plantas (velocidade de brotação, sistema radicular e parte aérea). Por esses motivos, as plantas poderão resistir melhor às adversidades climáticas, mantendo o seu potencial produtivo.

Ingrediente Ativo: Tiametoxan (250g/Kg).
Grupo Químico: Neonicotinóides.
Formulação: WG.
Dose: 300 g por 100 litros de calda.
Modo de Uso: Realizar aplicação foliar no aparecimento da praga (início da infestação).

 

Fungicida com dupla atividade sistêmica que protege a cultura do eucalipto com alta e ciência no controle preventivo da ferrugem, proporcionando incremento da produtividade. Sua aplicação pode ser terrestre e aérea.

Ingrediente Ativo: Acibenzolar-S-Metílico (500 g/Kg).
Grupo Químico: Benzotiadiazol.
Formulação: WG.
Dose: 25 g/100 L de calda.
Modo de Uso: Realizar aplicações foliares preferencialmente em caráter preventivo ou no surgimento dos primeiros sintomas da doença
na área. Reaplicar, se necessário, em um intervalo de 14 dias.