You are here

Syngenta destaca defensivos e tecnologias de gestão durante 12º Congresso Brasileiro do Algodão

Eventos
26.08.2019

Convidar o cotonicultor a “Experimentar o Futuro” é a estratégia da Syngenta para atrair a atenção dos cerca de 1,8 mil participantes esperados para a décima segunda edição do Congresso Brasileiro do Algodão (CBA). Realizado entre 27 e 29 de agosto, em Goiânia, o evento é promovido pela Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), com apoio do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA) e da Embrapa.

De acordo com o gerente de mercado de algodão, Marcio José Trento Costa, a base do conceito de Experimentar o Futuro é disponibilizar ao produtor “todas as nossas soluções para as culturas às quais direcionamos nossos esforços, incluindo do algodão. Entre as específicas para a cotonicultura, vale destacar o Ampligo Pro, voltado para controle do complexo de lagartas e ácaros, além do serviço Strider Protector, que oferece um controle mais eficiente de pragas e doenças, agregando tecnologia digital e gestão sustentável ao uso de defensivos”, afirma.  

Outra novidade, segundo o gerente, será a extensão do programa Manejo Consciente à cultura do algodão. “Tratam-se de dez princípios fundamentais para realizar o manejo do cultivo de forma adequada e sustentável. Nossa iniciativa visa unir atores ligados à agricultura com foco no manejo adequado de doenças. Com os patógenos se tornando cada vez menos sensíveis aos grupos químicos existentes, é necessário alertar e disseminar as melhoras práticas agrícolas de forma efetiva”, revela.

Compromisso
Para Trento, o Congresso Brasileiro do Algodão é de extrema relevância à cadeia produtiva da pluma. “Ele congrega todos os elos e fomenta discussões sobre novas tecnologias e cenários, em prol da melhor qualidade da fibra e, consequentemente, do desenvolvimento da cotonicultura brasileira. Garantir a participação da Syngenta no congresso é nosso compromisso em oferecer as melhores soluções e tecnologias para que o produtor possa ter ferramentas necessárias para realizar o manejo de forma adequada e sustentável, garantindo, assim, um algodão de qualidade para o consumidor final”, afirma.

“O 12º CBA terá um significado muito importante para nossa associação, pois vai celebrar a passagem de duas décadas de trabalho constante, arrojado e inovador para tornar possível não só a retomada da atividade, que, à época da fundação da Abrapa, estava quase extinta no Brasil, como a elevação do país de um grande importador de pluma, ao posto de segundo maior exportador mundial. Sem empresas como a Syngenta, isso não seria possível. Por isso é tão significativo tê-la sempre no nosso congresso”, diz Milton Garbugio, presidente da Abrapa.

Sobre a Syngenta
A Syngenta é uma empresa líder no segmento agrícola, que tem como ambição ajudar a nutrir o mundo e cuidar do planeta. Visamos melhorar a sustentabilidade, qualidade e segurança da agricultura por meio de ciência de ponta e soluções inovadoras para os cultivos. Nossas tecnologias permitem que milhões de agricultores em todo o mundo façam melhor uso dos recursos agrícolas disponíveis. Temos 28 mil funcionários em mais de 90 países trabalhando para transformar a forma como os cultivos são plantados e manejados. Por meio de parcerias, colaborações e o The Good Growth Plan, nosso Plano de Agricultura Sustentável, nos comprometemos a aumentar a produtividade nas fazendas, resgatar terras da degradação, promover a biodiversidade e revitalizar comunidades rurais. Para saber mais, acesse www.syngenta.com.br www.portalsyngenta.com.br. Siga-nos no Facebook em facebook.com/SyngentaBrasil/, no Twitter® em @SyngentaBrasil e no Instagram em @SyngentaBrasil.