You are here

Trabalhar para que a agricultura seja neutra em carbono

As mudanças climáticas têm afetado tanto a agricultura, quanto o meio ambiente. Como empresa líder no segmento agrícola, estamos empenhados em fornecer tecnologias, serviços e treinamentos para ajudar a agricultura a tornar-se neutra em carbono, bem como a reduzir a pegada de carbono em nossas operações, em linha com o Acordo Climático de Paris.

Compromisso:

Trabalhar para que a agricultura seja neutra em carbono.

Novas metas:

  • Mensurar e viabilizar o sequestro de carbono e redução de emissões na agricultura;
  • Aumentar a biodiversidade e a saúde do solo em 3 milhões de hectares por ano;
  • Reduzir a intensidade de emissão de carbono de nossas operações em 50% até 2030.

No Brasil:

Com o SAFF (Sustainable Agriculture Finance Facility), os agricultores brasileiros poderão obter taxas menores de juros ao implantar o ILPF (integração lavoura- pecuária-floresta) em suas propriedades e certificá-las, ajudando a transformar áreas de pasto degradadas em áreas produtivas para agricultura.

Destaque no Brasil:

Em 2020, uma de nossas estações experimentais, que também é sede do Seedcare Institute – Centro Tecnológico para o Desenvolvimento e Tratamento de Sementes Industrial, tornou-se a primeira unidade autossuficiente em energia limpa do mundo. Localizada na cidade de Holambra, no Estado de São Paulo, a unidade tem a capacidade para gerar 52,8 megawatts por mês, por meio de mil módulos solares fotovoltaicos. Para se ter uma ideia, é energia suficiente para manter ligadas mais de nove mil geladeiras ou aquecer 160 mil banhos. Com isso, deixaremos de emitir, em média, 79 toneladas de CO² anualmente.

Sinergia com a ONU:

Nosso compromisso de trabalhar para que a agricultura seja neutra em carbono apoia os seguintes objetivos de desenvolvimento sustentável da Organização das Nações Unidas:

  • Objetivo 6: Água potável e saneamento
  • Objetivo 13: Ação contra a mudança global do clima
  • Objetivo 15: Vida terrestre