You are here

Syngenta aposta em linguagem ousada e divertida para alertar sobre os riscos inerentes às principais pragas que ameaçam o campo

Sustentabilidade
20.03.2019

Série evoca clima cinematográfico de terror para despertar nos públicos urbano e rural o senso de urgência que há no combate aos detratores da produtividade

 

São Paulo, 20 de março de 2019 – “Uma noite escura, com pesadas nuvens no céu, paira sobre a plantação. A se aproximar da lavoura, você desconfia de algo estranho. Conforme chega mais perto, a visão vai se tornando mais sinistra... E uma tenebrosa criatura se revela, saindo das sombras para o ataque repentino”. Este poderia ser o início de um roteiro de terror, mas, guardadas as devidas proporções dramáticas, é uma situação enfrentada por muitos agricultores, no campo, ao descobrirem a infestação por uma ou mais pragas – problema que pode custar, muitas vezes, toda uma safra e os investimentos que a pressupõem.

 

Pois foi para trazer à tona esse sentimento e mostrar que ninguém precisa passar por momentos tão tensos no manejo de seus cultivos, que a Syngenta, em parceria com a produtora Mono, idealizou uma série de animações em 3D que já está sendo veiculada em diversos meios, como a página do Facebook da empresa, bem como seu canal no YouTube e Portal Syngenta.

Além de funcionarem como teasers das soluções que a Syngenta possui em seu portfólio para prevenir e combater todos estes detratores da produtividade, os vídeos servem como uma ponte entre os ambientes agrícola e urbano, já que se utilizam de referências da cultura pop para gerar identificação e conexão com questões que, se não resolvidas a tempo, prejudicam toda a cadeia de valor do agronegócio, o que tem inegável impacto na mesa dos brasileiros.

 

E essa conscientização não poderia acontecer de forma mais divertida. Cada vídeo busca inspiração em um filme ou série de terror bastante conhecidos para criar ambientes sombrios, ainda que caricatos, representando a ação de uma praga sobre um cultivo: o percevejo, na lavoura de soja; o besouro bicudo-do-algodoeiro, na de algodão; e a cigarrinha, na cana-de-açúcar. Os títulos de filme são "Hora do Percevejo", "Algodão Estranho" e "Espuma Maldita", respectivamente.

"Além de informar e desmistificar, para o público urbano, o alto potencial destruidor que as pragas têm sobre as culturas, a campanha busca reforçar a necessidade de planejar o manejo das pragas junto aos agricultores, em um momento crucial para isso", afirma Natália Vasconcelos, Coordenadora de Comunicação Externa da Syngenta.

 

Sobre a Syngenta
A Syngenta é uma empresa líder no segmento agrícola, que tem como ambição ajudar a nutrir o mundo e cuidar do planeta. Visamos melhorar a sustentabilidade, qualidade e segurança da agricultura por meio de ciência de ponta e soluções inovadoras para os cultivos. Nossas tecnologias permitem que milhões de agricultores em todo o mundo façam melhor uso dos recursos agrícolas disponíveis. Temos 28 mil funcionários em mais de 90 países trabalhando para transformar a forma como os cultivos são plantados e manejados. Por meio de parceiras, colaborações e o The Good Growth Plan, nosso Plano de Agricultura Sustentável, nos comprometemos a aumentar a produtividade nas fazendas, resgatar terras da degradação, promover a biodiversidade e revitalizar comunidades rurais. Para saber mais, acesse www.syngenta.com.br e www.portalsyngenta.com.br. Siga-nos no Facebook em facebook.com/SyngentaBrasil/, no Twitter® em @SyngentaBrasil e no Instagram em @SyngentaBrasil.