You are here

Resultados do Plano de Agricultura Sustentável da Syngenta em 2017: forte crescimento na produtividade das lavouras e redução das emissões de gases de efeito estufa

Notícia
06.04.2018

São Paulo, 5 de abril de 2018 -  A Syngenta está obtendo um notável progresso em seu Plano de Agricultura Sustentável, que tem por objetivo aumentar a rentabilidade de culturas usando recursos preciosos de forma mais eficiente, segura e sustentável. Isso é demonstrado pelos resultados do quarto ano do programa, que foram publicados globalmente nesta semana.

O Plano de Agricultura Sustentável, composto por seis compromissos para apoiar o crescimento da produção agrícola sustentável e o desenvolvimento das comunidades rurais – tem metas ambiciosas para ser entregues até 2020. E para atingir esses objetivos, agricultores estão trabalhando junto a especialistas de campo da Syngenta para compartilhar conhecimentos práticos e testar novas soluções em mais de 1.400 áreas de referência, com 22 culturas diferentes, em 41 países.

Em 2017, os produtores de referência mostraram um aumento médio de 10,9% na produção por hectare, em relação aos resultados de 2014. O que representa quase 50% a mais do que o aumento alcançado em áreas usadas para comparação. Pequenos produtores detentores de áreas de referência estão mostrando aumentos consideráveis quanto à produtividade da terra – 21,6%, enquanto outras áreas comparativas obtiveram 5,1% de aumento.

Com foco em aumentar a produtividade por hectare dos cultivos, a maioria das lavouras que tiveram eficiência superior em 2017 usou pesticidas, fertilizantes e outros insumos. A eficiência de pesticidas - medida pela quantidade aplicada, por quilograma, da cultura produzida –  melhorou 14,2%, desde 2014, em áreas de referência. Isso é quase três vezes mais do que a melhoria apresentada nas outras terras comparativas.

Além disso, a análise referente a gases de efeito estufa em nossas áreas de referência mostrou uma redução de 14% nas emissões, por unidade produzida desde 2014.

“Mais do que nunca, dependemos dos agricultores para aumentar a produção de forma sustentável, garantindo o fornecimento de alimentos seguros e acessíveis e minimizando o impacto da agricultura no meio ambiente. O Plano de Agricultura Sustentável é fundamental para isso. Ele coloca a sustentabilidade como prioridade na forma como conduzimos negócios e nos aproxima dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU”, afirma Erik Fyrwald, CEO da Syngenta.

“Nós conquistamos muito nos últimos quatro anos, mas precisamos fazer ainda mais. Vamos continuar melhorando o Plano de Agricultura Sustentável, para ir além do modelo atual de agricultura e construir o que aprendemos por meio de nossa oferta comercial. Também estamos construindo um conjunto de evidências, que fornecerá um valor real e mensurável para os produtores e para a sociedade em geral. Os dados e ideias que estamos reunindo e compartilhando estão incentivando um número crescente de parcerias - com governos, universidades, ONGs e empresas. Isso agrega ainda mais valor aos nossos esforços e orienta a evolução e o desenvolvimento contínuos do Plano de Agricultura Sustentável em si”, finaliza Erik.

O progresso de 2017 está descrito em detalhes abaixo. Para mais informações, por favor, acesse www.goodgrowthplan.com ou www.data.syngenta.com.

Plano de Agricultura Sustentável: atualização do progresso de 2017

Os compromissos que assumimos.
Até 2020, nós iremos...

Nosso progresso em 2017

Tornar as culturas mais eficientes: Aumentar a produtividade média das principais culturas do mundo em 20% sem usar mais terras, água ou insumos.

Global: A produtividade cresceu 10,9% em 1.459 áreas de referência, contra 7,3% em 2.630 terras comparativas. A produtividade das áreas de referência de pequenos produtores aumentou 21,6%, contra 5,1% de produtores comparativos (todos os números comparados com os resultados de 2014).

Brasil: No País, registra-se o aumento cumulativo de 31,9% na produtividade das principais culturas - soja, milho, tomate, café e cana-de-açúcar - desde 2014. Dados já superiores à meta estabelecida paea 2020.

Recuperar terras degradadas: Melhorar a fertilidade de 10 milhões de hectares de terra à beira da degradação.

Global: A área beneficiada aumentou mais de 70% em 2017, em um total de 7,4 milhões de hectares. O que demonstra um progresso bem encaminhado para alcançar nossa meta de 10 milhões de hectares até 2020.

Brasil: Quase 2 milhões de hectares de solo  preservados desde o lançamento do Plano.

Promover a Biodiversidade: Melhorar a Biodiversidade em 5 milhões de terras agrícolas

Global: Os hectares beneficiados com a promoção da biodiversidae aumentaram de 0,7 milhão para um total de 5,6 milhões de hectares - muito além da meta de 5,0 milhões de 2020. Implementamos 229 projetos em 37 países e continuaremos investindo para melhorar ainda mais.

Brasil: Mais de 3,5 milhões de hectares tiveram sua biodiversidade fomentada no Brasil, desde 2013. Dentre os projetos que colaboram anualmente para a evolução deste compromisso, vale destacar os que têm foco na coexistência entre apicultura e agricultura e, por consequência, na disseminação de informações sobre a polinização, tema cujo interesse não se restringe ao campo, mas que envolve a sociedade como um todo.

Capacitar pequenos agricultores: Alcançar 20 milhões de pequenos produtores para aumento da produtividade em 50%

Global: Calculamos o número de pequenos agricultores alcançados a cada ano usando os dados de vendas. Em 2017, o total calculado caiu em 2,7 milhões, totalizando 13,9 milhões: o principal fator foi uma queda acentuada na área de plantação de milho na China, país onde o milho é a nossa principal cultura. Isso foi decepcionante, pois os nossos pequenos agricultores de referência, estão com um desempenho muito bom - os rendimentos estão aumentando quatro vezes mais rápido em comparação às terras produtivas entre 2014 e 2017.

Brasil: No último ano, a Syngenta alcançou quase 110 mil pequenos agricultores no Brasil, permitindo que tenham acesso não apenas às tecnologias, mas aos serviços de assistência técnica com foco na aplicação das boas práticas agrícolas. O dado acumulado deste dado no País é superior a 440 mil.

Promover a segurança das pessoas: Treinar 20 milhões de trabalhadores rurais em segurança do trabalho, especialmente nos países em desenvolvimento

Global: Com mais de 8,2 milhões de pessoas treinadas em 2017, superamos a meta de 20 milhões que definimos para 2020. Desde 2014, chegamos a 25,5 milhões de pessoas com treinamentos e iniciativas de conscientização em segurança. Cerca de 70% daqueles que treinamos em uso seguro são pequenos agricultores.

Brasil: Desde o lançamento do plano, a Syngenta e seus parceiros no Brasil treinaram mais de 1 milhão de trabalhadores rurais, disseminando informações essenciais para o uso correto e seguro de tecnologias agrícolas. Dentre eles, 453 mil são pequenos agricultores.

Cuidar de cada trabalhador: Promover condições justas de trabalho em toda a cadeia de produção impactada pela Syngenta

Global: Em 2017, o nosso Fair Labor Program cobriu 86% de nossas fazendas de fornecimento de sementes. Em nossa cadeia de fornecimento de produtos químicos, o nosso Supplier Sustainability Program agora abrange 90% dos fornecedores, que estão em categorias de risco relevantes.

Brasil: Desde o último ano, 100% da rede Syngenta de produtores de sementes passou a fazer parte do programa Fair Labor. Mais informações sobre o programa podem ser acessadas por meio do link http://www.fairlabor.org/affiliate/syngenta.


Sobre a Syngenta

A Syngenta é uma empresa líder no segmento agrícola que trabalha pela segurança alimentar mundial, permitindo que milhões de agricultores façam melhor uso dos recursos disponíveis. Por meio da ciência e de soluções de cultivo inovadoras, nossos 28 mil funcionários em mais de 90 países estão trabalhando para transformar a maneira como os cultivos são desenvolvidos. Estamos empenhados em recuperar terras à beira da degradação, promover a biodiversidade e revitalizar comunidades rurais. Para saber mais, acesse www.syngenta.com.br e www.portalsyngenta.com.br. Siga-nos no Facebook em www.facebook.com/Syngenta e no Twitter® em @Syngentabrasil.